Novas receitas

O que está acontecendo: Charleston, South Carolina Food News em setembro de 2015

O que está acontecendo: Charleston, South Carolina Food News em setembro de 2015

MENUS E EVENTOS ESPECIAIS
Final do Bad Bitches
O último de uma série de eventos gastronômicos que acontecem durante todo o ano e que são 100% administrados e mostram o talento feminino, acontecerá em 20 de setembro. caminhões, música ao vivo e muito mais. Todo o dinheiro arrecadado beneficia as mulheres!

Charleston Beer Week
Prepare seu fígado. Com mais de 42 eventos, todos focados em cervejas produzidas localmente ou cerveja artesanal, há muitas oportunidades de comer e beber bem durante a Charleston Beer Week de 13 a 19 de setembro. Há algo para todos os amantes de cerveja, incluindo torneio de kickball, tours fantasmas, jantares , assados ​​de porco e muito mais.

Charleston Restaurant Week
A Restaurant Week de outono está de volta a partir de 9 de setembro e vai até 19 de setembro. Visite mais de 70 restaurantes que oferecem um menu especial para os hóspedes. Alguns restaurantes recém-inaugurados fazem parte desta semana, incluindo Cannon Green, Zero Café & Bar e Barony Tavern.

Festa de lançamento do Charleston Wine + Food Festival
É hora de ficar bêbado durante a Festa de Lançamento do Festival, que este ano foge da típica festa noturna e vai para um brunch diurno em 13 de setembro. Mais de uma dúzia dos melhores restaurantes de Charleston se reúnem para servir seu melhor prato de brunch neste chute oficial. off - clique aqui para comprar ingressos.

Chefs Andy Ticer e Michael Hudman de Memphis Cook It Up at Edmund’s Oast
Na quarta-feira, 23 de setembro, por apenas uma noite, dois dos melhores chefs do Sul vêm e cozinham um jantar colaborativo no Edmund’s Oast com o novo chef executivo Reid Henninger. O banquete totalmente italiano contará com um menu de coquetéis especiais para começar.

Euphoria Greenville
Este evento acontecerá em Greenville, mas há um grande constituinte de Charleston envolvido na celebração dos dez anos, incluindo os chefs Ken Vedrinski, Kevin Johnson, Frank Lee, Bryan Cates e Nate Whiting, todos cozinhando para várias demonstrações ou jantares.

Taste of America da Fundação James Beard Jantar
A ilustre organização culinária sem fins lucrativos, a James Beard Foundation, irá para Charleston como parte de sua turnê Taste of American. Durante a parada de uma noite, o famoso chef Art Smith se reunirá com talentos locais, incluindo os chefs Mike Lata, Jason Stanhope, Jeremiah Bacon, Craig Deihl, Kevin Johnson, Josh Keeler e Lauren Mitterer para o menu de vários pratos.

Excelente no campo
O chef Kevin Johnson traz o popular Outstanding in the Field de volta a Charleston, desta vez na Dirt Works Incubator Farm em 30 de setembro. Desde 1999, ocorreram mais de 600 eventos Outstanding in the Field em mais de 45 estados. Aqui está o retorno em Charleston.


Algo está acontecendo aqui em Charleston, Carolina do Sul & # 8211 Technology Renaissance

Ontem, diante de quase 15.000 torcedores, o programa Citadel Bulldogs Football marcou 9-0 e conquistou a Conferência Sul de maneira notável. Voltando de dez com menos de 5 minutos restantes e vencendo na prorrogação, este foi um jogo mapeado pelos melhores roteiristas de esportes combinando o drama de “Hoosiers” e “Milagre”

No nevoeiro desse paraíso gastronômico, onde a vida no litoral é definida por jantares, bebidas e recreação, algo grande está acontecendo em Charleston.

No Ranking de Qualidade do Sistema Escolar de 2015, a Carolina do Sul ficou em 47º lugar nos EUA. Em 2013, 67% dos alunos do ensino médio estadual se formaram e apenas 43,2% dos alunos com deficiência concluíram o curso. Na categoria de maiores níveis de obesidade, Carolina do Sul ocupa o 41º lugar, taxas de graduação, 36º, mortes por câncer, 38º, diabetes, 43º, crime violento, 4º e tabagismo 43º, de acordo com o ranking de 2015.

  • Fatal Crashes for 2015: 782 / Fatal Crashes for 2016: 766
  • Pessoas mortas em acidentes em 2015: 839 / Pessoas mortas em acidentes em 2016: 833

Ainda temos 2 meses restantes no ano e estamos a caminho de quebrar os recordes de 2015.

A Carolina do Sul tem seus desafios, mas algo grande está acontecendo em Charleston.

No mês passado, 30 aspirantes a start-ups participaram da reunião da Charleston Angels Conference 2016 com investidores para disputar um prêmio de $ 100.000. Este é um programa pioneiro para Charleston destacando algumas das melhores empresas jovens de tecnologia do Sudeste. Com a parceria de investidores locais e uma grande quantidade de dinheiro potencial, isso pode até mesmo lançar um futuro promissor para algumas startups.

Em 2015, a Charleston Magazine publicou “The Rise in Silicon Harbor”, enquanto em 2015 o Huffington Post lançou “Charleston, South Carolina Outpaces the Nation in Tech Growth”. Ambos delinearam um renascimento em tecnologia e experiência profissional tomando forma no país baixo. Este nascimento sem precedentes de soluções de capital humano pavimentou o caminho para uma nova aparência para Charleston.

A DigSouth tem uma missão e o objetivo é muito claro, levar tecnologia para o Sudeste. Esta é uma área que tradicionalmente não tem sido um ponto focal de tecnologia. Não é Silicon Valley (Palo Alto / San Francisco), Nova York, Chicago, Minneapolis ou Austin. O estigma no Sul tradicionalmente tem sido os baixos padrões de educação, oportunidades limitadas de carreira profissional e tecnológica e qualidade de vida abaixo do padrão. Agora, existem empresas, organizações e visionários que estão vendo que essa reputação está mudando e rapidamente.

CharlestonWorks é um site que destaca os empregos de tecnologia na área de Charleston. Seu objetivo é trazer talentos locais e de todo o país para o Sudeste para aproveitar e expandir nossa infraestrutura de tecnologia. Dê uma olhada e veja a ampla gama de oportunidades disponíveis no seu quintal. Atualmente, são 341 empresas com vagas de emprego em tecnologia. Este é realmente um feito e um testemunho do crescimento no espaço tecnológico.

Nos últimos 10 anos, testemunhamos a transformação evolutiva de Charleston, testemunhando o aumento e a expansão dos serviços médicos, a ascensão da Boeing, BMW e Volvo, a expansão da BenefitFocus, PeopleMatter trazendo vida corporativa para o centro de Charleston, aplicativos monetizados sendo lançados e pequenos empresas de tecnologia que estão ganhando espaço.

Charleston continua sendo uma área costeira histórica do sul com uma rica tradição de hospitalidade, cordialidade, jantares e lazer, mas uma nova semente está sendo plantada.

Seis anos atrás, tive desafios pessoais para agendar reuniões porque a maioria dos amigos e conexões de rede queriam se encontrar durante o dia. Por algum tempo, senti que era o único em Charleston com horário de trabalho tradicional. Esse pensamento está mudando. Estamos vendo grandes pensadores criados em casa que estão assumindo riscos e convertendo planos de negócios em realidade aqui mesmo.

O mais recente US News and Worlds Report de 2016 classifica The Citadel # 1 e College of Charleston # 4 em Public Schools South Region. Com esses dois programas fortes e nossas escolas vizinhas focadas em habilidades de tecnologia, acampamentos de programação e encontros, Charleston está começando a fazer um nome nacional para si mesma e muito confortável para competir com o Vale do Silício passo a passo.

Podemos não ter o capital inicial para competir com os Yelps e Instagrams do mundo, mas estamos fazendo ondas no setor de tecnologia e nos vejo sendo um jogador há muito tempo.


Algo está acontecendo aqui em Charleston, Carolina do Sul & # 8211 Technology Renaissance

Ontem, diante de quase 15.000 torcedores, o programa Citadel Bulldogs Football marcou 9-0 e conquistou a Conferência Sul de maneira notável. Voltando de dez com menos de 5 minutos restantes e vencendo na prorrogação, este foi um jogo mapeado pelos melhores roteiristas de esportes combinando o drama de “Hoosiers” e “Milagre”

No nevoeiro desse paraíso gastronômico, onde a vida no litoral é definida por jantares, bebidas e recreação, algo grande está acontecendo em Charleston.

No Ranking de Qualidade do Sistema Escolar de 2015, a Carolina do Sul ficou em 47º lugar nos EUA. Em 2013, 67% dos alunos do ensino médio estadual se formaram e apenas 43,2% dos alunos com deficiência concluíram o curso. Na categoria de maiores níveis de obesidade, Carolina do Sul ocupa o 41º lugar, taxas de graduação, 36º, mortes por câncer, 38º, diabetes, 43º, crime violento, 4º e tabagismo 43º, de acordo com o ranking de 2015.

  • Fatal Crashes for 2015: 782 / Fatal Crashes for 2016: 766
  • Pessoas mortas em acidentes em 2015: 839 / Pessoas mortas em acidentes em 2016: 833

Ainda temos 2 meses restantes no ano e estamos a caminho de quebrar os recordes de 2015.

A Carolina do Sul tem seus desafios, mas algo grande está acontecendo em Charleston.

No mês passado, 30 aspirantes a start-ups participaram da reunião da Charleston Angels Conference 2016 com investidores para disputar um prêmio de $ 100.000. Este é um programa pioneiro para Charleston destacando algumas das melhores empresas jovens de tecnologia do Sudeste. Com a parceria de investidores locais e uma grande quantidade de dinheiro potencial, isso pode até mesmo lançar um futuro promissor para algumas startups.

Em 2015, a Charleston Magazine publicou “The Rise in Silicon Harbor”, enquanto em 2015 o Huffington Post lançou “Charleston, South Carolina Outpaces the Nation in Tech Growth”. Ambos delinearam um renascimento em tecnologia e experiência profissional tomando forma no país baixo. Este nascimento sem precedentes de soluções de capital humano pavimentou o caminho para uma nova aparência para Charleston.

A DigSouth tem uma missão e o objetivo é muito claro, levar tecnologia para o Sudeste. Esta é uma área que tradicionalmente não tem sido um ponto focal de tecnologia. Não é Silicon Valley (Palo Alto / San Francisco), Nova York, Chicago, Minneapolis ou Austin. O estigma no Sul tradicionalmente tem sido os baixos padrões de educação, oportunidades limitadas de carreira profissional e tecnológica e qualidade de vida abaixo do padrão. Agora, existem empresas, organizações e visionários que estão vendo que essa reputação está mudando e rapidamente.

CharlestonWorks é um site que destaca os empregos de tecnologia na área de Charleston. Seu objetivo é trazer talentos locais e em todo o país para o Sudeste para aproveitar e expandir nossa infraestrutura de tecnologia. Dê uma olhada e veja a ampla gama de oportunidades disponíveis no seu quintal. Atualmente, são 341 empresas com vagas de emprego em tecnologia. Este é realmente um feito e um testemunho do crescimento no espaço tecnológico.

Nos últimos 10 anos, testemunhamos a transformação evolutiva de Charleston, testemunhando o aumento e a expansão dos serviços médicos, a ascensão da Boeing, BMW e Volvo, a expansão do BenefitFocus, PeopleMatter trazendo vida corporativa para o centro de Charleston, aplicativos monetizados sendo lançados e pequenos empresas de tecnologia que estão ganhando espaço.

Charleston continua sendo uma área costeira histórica do sul com uma rica tradição de hospitalidade, cordialidade, jantares e lazer, mas uma nova semente está sendo plantada.

Seis anos atrás, tive desafios pessoais para agendar reuniões porque a maioria dos amigos e conexões de rede queriam se encontrar durante o dia. Por algum tempo, senti que era o único em Charleston com horário de trabalho tradicional. Esse pensamento está mudando. Estamos vendo grandes pensadores criados em casa que estão assumindo riscos e convertendo planos de negócios em realidade aqui mesmo.

O mais recente US News and Worlds Report de 2016 classifica The Citadel # 1 e College of Charleston # 4 em Public Schools South Region. Com esses dois programas fortes e nossas escolas vizinhas focadas em habilidades de tecnologia, acampamentos de programação e encontros, Charleston está começando a fazer um nome nacional para si mesma e muito confortável para competir com o Vale do Silício passo a passo.

Podemos não ter o capital inicial para competir com os Yelps e Instagrams do mundo, mas estamos fazendo ondas no setor de tecnologia e nos vejo sendo um jogador há muito tempo.


Algo está acontecendo aqui em Charleston, Carolina do Sul & # 8211 Technology Renaissance

Ontem, diante de quase 15.000 torcedores, o programa Citadel Bulldogs Football marcou 9-0 e conquistou a Conferência Sul de maneira notável. Voltando de dez com menos de 5 minutos restantes e vencendo na prorrogação, este foi um jogo mapeado pelos melhores roteiristas de esportes combinando o drama de “Hoosiers” e “Milagre”

No nevoeiro desse paraíso gastronômico, onde a vida no litoral é definida por jantares, bebidas e recreação, algo grande está acontecendo em Charleston.

No Ranking de Qualidade do Sistema Escolar de 2015, a Carolina do Sul ficou em 47º lugar nos EUA. Em 2013, 67% dos alunos do ensino médio estadual se formaram e apenas 43,2% dos alunos com deficiência concluíram o curso. Na categoria de maiores níveis de obesidade, Carolina do Sul ocupa o 41º lugar, taxas de graduação, 36º, mortes por câncer, 38º, diabetes, 43º, crime violento, 4º e tabagismo 43º, de acordo com o ranking de 2015.

  • Fatal Crashes for 2015: 782 / Fatal Crashes for 2016: 766
  • Pessoas mortas em acidentes em 2015: 839 / Pessoas mortas em acidentes em 2016: 833

Ainda temos 2 meses restantes no ano e estamos a caminho de quebrar os recordes de 2015.

A Carolina do Sul tem seus desafios, mas algo grande está acontecendo em Charleston.

No mês passado, 30 aspirantes a start-ups participaram da reunião da Charleston Angels Conference 2016 com investidores para disputar um prêmio de $ 100.000. Este é um programa pioneiro para Charleston destacando algumas das melhores empresas jovens de tecnologia do Sudeste. Com a parceria de investidores locais e uma grande quantidade de dinheiro potencial, isso pode até mesmo lançar um futuro promissor para algumas startups.

Em 2015, a Charleston Magazine publicou “The Rise in Silicon Harbor”, enquanto em 2015 o Huffington Post lançou “Charleston, South Carolina Outpaces the Nation in Tech Growth”. Ambos delinearam um renascimento em tecnologia e experiência profissional tomando forma no país baixo. Este nascimento sem precedentes de soluções de capital humano pavimentou o caminho para uma nova aparência para Charleston.

A DigSouth tem uma missão e o objetivo é muito claro, levar tecnologia para o Sudeste. Esta é uma área que tradicionalmente não tem sido um ponto focal de tecnologia. Não é Silicon Valley (Palo Alto / San Francisco), Nova York, Chicago, Minneapolis ou Austin. O estigma no Sul tradicionalmente tem sido os baixos padrões de educação, oportunidades limitadas de carreira profissional e tecnológica e qualidade de vida abaixo do padrão. Agora, existem empresas, organizações e visionários que estão vendo que essa reputação está mudando e rapidamente.

CharlestonWorks é um site que destaca os empregos de tecnologia na área de Charleston. Seu objetivo é trazer talentos locais e de todo o país para o Sudeste para aproveitar e expandir nossa infraestrutura de tecnologia. Dê uma olhada e veja a ampla gama de oportunidades disponíveis no seu quintal. Atualmente, existem 341 empresas com vagas de emprego em tecnologia. Este é realmente um feito e um testemunho do crescimento no espaço tecnológico.

Nos últimos 10 anos, testemunhamos a transformação evolutiva de Charleston, testemunhando o aumento e a expansão dos serviços médicos, a ascensão da Boeing, BMW e Volvo, a expansão do BenefitFocus, PeopleMatter trazendo vida corporativa para o centro de Charleston, aplicativos monetizados sendo lançados e pequenos empresas de tecnologia que estão ganhando espaço.

Charleston continua sendo uma área costeira histórica do sul com uma rica tradição de hospitalidade, cordialidade, jantares e lazer, mas uma nova semente está sendo plantada.

Seis anos atrás, tive desafios pessoais para agendar reuniões porque a maioria dos amigos e conexões de rede queriam se encontrar durante o dia. Por algum tempo, senti que era o único em Charleston com horário de trabalho tradicional. Esse pensamento está mudando. Estamos vendo grandes pensadores criados em casa que estão assumindo riscos e convertendo planos de negócios em realidade aqui mesmo.

O mais recente US News and Worlds Report de 2016 classifica The Citadel # 1 e College of Charleston # 4 em Public Schools South Region. Com esses dois programas fortes e nossas escolas vizinhas focadas em habilidades de tecnologia, acampamentos de programação e encontros, Charleston está começando a fazer um nome nacional para si mesma e muito confortável para competir com o Vale do Silício passo a passo.

Podemos não ter o capital inicial para competir com os Yelps e Instagrams do mundo, mas estamos fazendo ondas no setor de tecnologia e nos vejo sendo um jogador há muito tempo.


Algo está acontecendo aqui em Charleston, Carolina do Sul & # 8211 Technology Renaissance

Ontem, diante de quase 15.000 torcedores, o programa Citadel Bulldogs Football marcou 9-0 e conquistou a Conferência Sul de maneira notável. Voltando de dez com menos de 5 minutos restantes e vencendo na prorrogação, este foi um jogo mapeado pelos melhores roteiristas de esportes combinando o drama de “Hoosiers” e “Milagre”

No nevoeiro desse paraíso gastronômico, onde a vida costeira é definida por jantares, bebidas e recreação, algo grande está acontecendo em Charleston.

No Ranking de Qualidade do Sistema Escolar de 2015, a Carolina do Sul ficou em 47º lugar nos EUA. Em 2013, 67% dos alunos do ensino médio estadual se formaram e apenas 43,2% dos alunos com deficiência concluíram o curso. Na categoria de maiores níveis de obesidade, Carolina do Sul ocupa o 41º lugar, taxas de graduação, 36º, mortes por câncer, 38º, diabetes, 43º, crime violento, 4º e tabagismo 43º, de acordo com o ranking de 2015.

  • Fatal Crashes for 2015: 782 / Fatal Crashes for 2016: 766
  • Pessoas mortas em acidentes em 2015: 839 / Pessoas mortas em acidentes em 2016: 833

Ainda temos 2 meses restantes no ano e estamos a caminho de quebrar os recordes de 2015.

A Carolina do Sul tem seus desafios, mas algo grande está acontecendo em Charleston.

No mês passado, 30 aspirantes a start-ups participaram da reunião da Charleston Angels Conference 2016 com investidores para disputar um prêmio de $ 100.000. Este é um programa pioneiro para Charleston destacando algumas das melhores empresas jovens de tecnologia do Sudeste. Com a parceria de investidores locais e uma grande quantidade de dinheiro potencial, isso pode até mesmo lançar um futuro promissor para algumas startups.

Em 2015, a Charleston Magazine publicou “The Rise in Silicon Harbor”, enquanto em 2015 o Huffington Post lançou “Charleston, South Carolina Outpaces the Nation in Tech Growth”. Ambos delinearam um renascimento em tecnologia e experiência profissional tomando forma no país baixo. Este nascimento sem precedentes de soluções de capital humano pavimentou o caminho para uma nova aparência para Charleston.

A DigSouth tem uma missão e o objetivo é muito claro, levar tecnologia para o Sudeste. Esta é uma área que tradicionalmente não tem sido um ponto focal de tecnologia. Não é Silicon Valley (Palo Alto / San Francisco), Nova York, Chicago, Minneapolis ou Austin. O estigma no Sul tradicionalmente tem sido os baixos padrões de educação, oportunidades limitadas de carreira profissional e tecnológica e qualidade de vida abaixo do padrão. Agora, existem empresas, organizações e visionários que estão vendo que essa reputação está mudando e rapidamente.

CharlestonWorks é um site que destaca os empregos de tecnologia na área de Charleston. Seu objetivo é trazer talentos locais e em todo o país para o Sudeste para aproveitar e expandir nossa infraestrutura de tecnologia. Dê uma olhada e veja a ampla gama de oportunidades disponíveis no seu quintal. Atualmente, existem 341 empresas com vagas de emprego em tecnologia. Este é realmente um feito e um testemunho do crescimento no espaço tecnológico.

Nos últimos 10 anos, testemunhamos a transformação evolutiva de Charleston, testemunhando o aumento e a expansão dos serviços médicos, a ascensão da Boeing, BMW e Volvo, a expansão da BenefitFocus, PeopleMatter trazendo vida corporativa para o centro de Charleston, aplicativos monetizados sendo lançados e pequenos empresas de tecnologia que estão ganhando espaço.

Charleston continua sendo uma área costeira histórica do sul com uma rica tradição de hospitalidade, cordialidade, jantares e lazer, mas uma nova semente está sendo plantada.

Seis anos atrás, tive desafios pessoais para agendar reuniões porque a maioria dos amigos e conexões de rede queriam se encontrar durante o dia. Por algum tempo, senti que era o único em Charleston com horário de trabalho tradicional. Esse pensamento está mudando. Estamos vendo grandes pensadores criados em casa que estão assumindo riscos e convertendo planos de negócios em realidade aqui mesmo.

O mais recente US News and Worlds Report de 2016 classifica The Citadel # 1 e College of Charleston # 4 em Public Schools South Region. Com esses dois programas fortes e nossas escolas vizinhas focadas em habilidades tecnológicas, acampamentos de programação e encontros, Charleston está começando a se tornar um nome nacional e muito confortável para competir com o Vale do Silício passo a passo.

Podemos não ter o capital inicial para competir com os Yelps e Instagrams do mundo, mas estamos fazendo ondas no setor de tecnologia e nos vejo sendo um jogador há muito tempo.


Algo está acontecendo aqui em Charleston, Carolina do Sul & # 8211 Technology Renaissance

Ontem, diante de quase 15.000 torcedores, o programa Citadel Bulldogs Football marcou 9-0 e conquistou a Conferência Sul de maneira notável. Voltando de dez com menos de 5 minutos restantes e vencendo na prorrogação, este foi um jogo mapeado pelos melhores roteiristas de esportes combinando o drama de “Hoosiers” e “Milagre”

No nevoeiro desse paraíso gastronômico, onde a vida no litoral é definida por jantares, bebidas e recreação, algo grande está acontecendo em Charleston.

No Ranking de Qualidade do Sistema Escolar de 2015, a Carolina do Sul ficou em 47º lugar nos EUA. Em 2013, 67% dos alunos do ensino médio estadual se formaram e apenas 43,2% dos alunos com deficiência concluíram o curso. Na categoria de maiores níveis de obesidade, Carolina do Sul ocupa o 41º lugar, taxas de graduação, 36º, mortes por câncer, 38º, diabetes, 43º, crime violento, 4º e tabagismo 43º, de acordo com o ranking de 2015.

  • Fatal Crashes for 2015: 782 / Fatal Crashes for 2016: 766
  • Pessoas mortas em acidentes em 2015: 839 / Pessoas mortas em acidentes em 2016: 833

Ainda temos 2 meses restantes no ano e estamos a caminho de quebrar os recordes de 2015.

A Carolina do Sul tem seus desafios, mas algo grande está acontecendo em Charleston.

No mês passado, 30 aspirantes a start-ups participaram da reunião da Charleston Angels Conference 2016 com investidores para disputar um prêmio de $ 100.000. Este é um programa pioneiro para Charleston destacando algumas das melhores empresas jovens de tecnologia do Sudeste. Com a parceria de investidores locais e uma grande quantidade de dinheiro potencial, isso pode até mesmo lançar um futuro promissor para algumas startups.

Em 2015, a Charleston Magazine publicou “The Rise in Silicon Harbor”, enquanto em 2015 o Huffington Post lançou “Charleston, South Carolina Outpaces the Nation in Tech Growth”. Ambos delinearam um renascimento em tecnologia e experiência profissional tomando forma no país baixo. Este nascimento sem precedentes de soluções de capital humano pavimentou o caminho para uma nova aparência para Charleston.

A DigSouth tem uma missão e o objetivo é muito claro, levar tecnologia para o Sudeste. Esta é uma área que tradicionalmente não tem sido um ponto focal de tecnologia. Não é Silicon Valley (Palo Alto / San Francisco), Nova York, Chicago, Minneapolis ou Austin. O estigma no Sul tradicionalmente tem sido os baixos padrões de educação, oportunidades limitadas de carreira profissional e tecnológica e qualidade de vida abaixo do padrão. Agora, existem empresas, organizações e visionários que estão vendo que essa reputação está mudando e rapidamente.

CharlestonWorks é um site que destaca os empregos de tecnologia na área de Charleston. Seu objetivo é trazer talentos locais e em todo o país para o Sudeste para aproveitar e expandir nossa infraestrutura de tecnologia. Dê uma olhada e veja a ampla gama de oportunidades disponíveis no seu quintal. Atualmente, são 341 empresas com vagas de emprego em tecnologia. Este é realmente um feito e um testemunho do crescimento no espaço tecnológico.

Nos últimos 10 anos, testemunhamos a transformação evolutiva de Charleston, testemunhando o aumento e a expansão dos serviços médicos, a ascensão da Boeing, BMW e Volvo, a expansão do BenefitFocus, PeopleMatter trazendo vida corporativa para o centro de Charleston, aplicativos monetizados sendo lançados e pequenos empresas de tecnologia que estão ganhando espaço.

Charleston continua sendo uma área costeira histórica do sul com uma rica tradição de hospitalidade, cordialidade, jantares e lazer, mas uma nova semente está sendo plantada.

Seis anos atrás, tive desafios pessoais para agendar reuniões porque a maioria dos amigos e conexões de rede queriam se encontrar durante o dia. Por algum tempo, senti que era o único em Charleston com horário de trabalho tradicional. Esse pensamento está mudando. Estamos vendo grandes pensadores criados em casa que estão assumindo riscos e convertendo planos de negócios em realidade aqui mesmo.

O mais recente US News and Worlds Report de 2016 classifica The Citadel # 1 e College of Charleston # 4 em Public Schools South Region. Com esses dois programas fortes e nossas escolas vizinhas focadas em habilidades tecnológicas, acampamentos de programação e encontros, Charleston está começando a se tornar um nome nacional e muito confortável para competir com o Vale do Silício passo a passo.

Podemos não ter o capital inicial para competir com os Yelps e Instagrams do mundo, mas estamos fazendo ondas no setor de tecnologia e nos vejo sendo um jogador há muito tempo.


Algo está acontecendo aqui em Charleston, Carolina do Sul & # 8211 Technology Renaissance

Ontem, diante de quase 15.000 torcedores, o programa Citadel Bulldogs Football marcou 9-0 e conquistou a Conferência Sul de maneira notável. Voltando de dez com menos de 5 minutos restantes e vencendo na prorrogação, este foi um jogo mapeado pelos melhores roteiristas de esportes combinando o drama de “Hoosiers” e “Milagre”

No nevoeiro desse paraíso gastronômico, onde a vida no litoral é definida por jantares, bebidas e recreação, algo grande está acontecendo em Charleston.

No Ranking de Qualidade do Sistema Escolar de 2015, a Carolina do Sul ficou em 47º lugar nos EUA. Em 2013, 67% dos alunos do ensino médio estadual se formaram e apenas 43,2% dos alunos com deficiência concluíram o curso. Na categoria de maiores níveis de obesidade, Carolina do Sul ocupa o 41º lugar, taxas de graduação, 36º, mortes por câncer, 38º, diabetes, 43º, crime violento, 4º e tabagismo 43º, de acordo com o ranking de 2015.

  • Fatal Crashes for 2015: 782 / Fatal Crashes for 2016: 766
  • Pessoas mortas em acidentes em 2015: 839 / Pessoas mortas em acidentes em 2016: 833

Ainda temos 2 meses restantes no ano e estamos a caminho de quebrar os recordes de 2015.

A Carolina do Sul tem seus desafios, mas algo grande está acontecendo em Charleston.

No mês passado, 30 aspirantes a start-ups participaram da reunião da Charleston Angels Conference 2016 com investidores para disputar um prêmio de $ 100.000. Este é um programa pioneiro para Charleston destacando algumas das melhores empresas jovens de tecnologia do Sudeste. Com a parceria de investidores locais e uma grande quantidade de dinheiro potencial, isso pode até mesmo lançar um futuro promissor para algumas startups.

Em 2015, a Charleston Magazine publicou “The Rise in Silicon Harbor”, enquanto em 2015 o Huffington Post lançou “Charleston, South Carolina Outpaces the Nation in Tech Growth”. Ambos delinearam um renascimento em tecnologia e experiência profissional tomando forma no país baixo. Este nascimento sem precedentes de soluções de capital humano pavimentou o caminho para uma nova aparência para Charleston.

A DigSouth tem uma missão e o objetivo é muito claro, levar tecnologia para o Sudeste. Esta é uma área que tradicionalmente não tem sido um ponto focal de tecnologia. Não é Silicon Valley (Palo Alto / San Francisco), Nova York, Chicago, Minneapolis ou Austin. O estigma no Sul tradicionalmente tem sido os baixos padrões de educação, oportunidades limitadas de carreira profissional e tecnológica e qualidade de vida abaixo do padrão. Agora, existem empresas, organizações e visionários que estão vendo que essa reputação está mudando e rapidamente.

CharlestonWorks é um site que destaca os empregos de tecnologia na área de Charleston. Seu objetivo é trazer talentos locais e de todo o país para o Sudeste para aproveitar e expandir nossa infraestrutura de tecnologia. Dê uma olhada e veja a ampla gama de oportunidades disponíveis no seu quintal. Atualmente, existem 341 empresas com vagas de emprego em tecnologia. Este é realmente um feito e um testemunho do crescimento no espaço tecnológico.

Nos últimos 10 anos, testemunhamos a transformação evolutiva de Charleston, testemunhando o aumento e a expansão dos serviços médicos, a ascensão da Boeing, BMW e Volvo, a expansão da BenefitFocus, PeopleMatter trazendo vida corporativa para o centro de Charleston, aplicativos monetizados sendo lançados e pequenos empresas de tecnologia que estão ganhando espaço.

Charleston continua sendo uma área costeira histórica do sul com uma rica tradição de hospitalidade, cordialidade, jantares e lazer, mas uma nova semente está sendo plantada.

Seis anos atrás, tive desafios pessoais para agendar reuniões porque a maioria dos amigos e conexões de rede queriam se encontrar durante o dia. Por algum tempo, senti que era o único em Charleston com horário de trabalho tradicional. Esse pensamento está mudando. Estamos vendo grandes pensadores criados em casa que estão assumindo riscos e convertendo planos de negócios em realidade aqui mesmo.

O mais recente US News and Worlds Report de 2016 classifica The Citadel # 1 e College of Charleston # 4 em Public Schools South Region. Com esses dois programas fortes e nossas escolas vizinhas focadas em habilidades tecnológicas, acampamentos de programação e encontros, Charleston está começando a se tornar um nome nacional e muito confortável para competir com o Vale do Silício passo a passo.

Podemos não ter o capital inicial para competir com os Yelps e Instagrams do mundo, mas estamos fazendo ondas no setor de tecnologia e nos vejo sendo um jogador há muito tempo.


Algo está acontecendo aqui em Charleston, Carolina do Sul & # 8211 Technology Renaissance

Ontem, diante de quase 15.000 torcedores, o programa Citadel Bulldogs Football marcou 9-0 e conquistou a Conferência Sul de maneira notável. Voltando de dez com menos de 5 minutos restantes e vencendo na prorrogação, este foi um jogo mapeado pelos melhores roteiristas de esportes combinando o drama de “Hoosiers” e “Milagre”

No nevoeiro desse paraíso gastronômico, onde a vida no litoral é definida por jantares, bebidas e recreação, algo grande está acontecendo em Charleston.

In the 2015 School System Quality Ranking, South Carolina ranked 47 th in the US. In 2013, 67% of state high schoolers graduated and only 43.2% of students with disabilities completed their degree. In the category of highest levels of obesity, South Carolina ranks 41 st , graduation rates, 36 th , cancer deaths, 38 th , diabetes, 43 rd , violent crime, 4 th and smoking 43 rd according to 2015 rankings.

  • Fatal Crashes for 2015: 782 / Fatal Crashes for 2016: 766
  • Persons Killed from Crashes in 2015: 839 / Persons Killed from Crashes in 2016: 833

We still have 2 months remaining in the year and we are on pace to shatter the 2015 records.

South Carolina has its challenges, but something big is happening in Charleston.

Last month 30 aspiring start-ups participated in the 2016 Charleston Angels Conference meeting with investors to vy for a prize of $100,000. These is a pioneer program for Charleston highlighting some of the best young tech companies in the Southeast. With the partnership of local investors and a wealth of potential seat money, this even can launch a promising future for some young startups.

In 2015, Charleston Magazine published “The Rise in Silicon Harbor” while in 2015 Huffington Post released, “Charleston, South Carolina Outpaces the Nation in Tech Growth”. Both outlined a renaissance in technology and professional expertise taking shape in the Low country. This unprecedented birth of human capital solutions has paved the way for a new look and feel for Charleston.

DigSouth is on a mission and their goal is very clear, bring technology to the Southeast. This is an area that traditionally has not been a technology focal point. It isn’t Silicon Valley (Palo Alto/San Francisco), New York, Chicago, Minneapolis or Austin. The stigma in the South traditionally has been low education standards, limited professional and tech career opportunities and sub-standard quality of life. Now there are companies, organizations and visionaries that are seeing that this reputation is changing and swiftly.

CharlestonWorks is a website that highlights the technology jobs in the Charleston area. Its goal is to bring talent locally and across the country to the Southeast to harness and growth our tech infrastructure. Take a look and see the diverse range of opportunities available right in your backyard. Currently, there are 341 companies with current technology job openings. This is truly a feat and a testimony to the growth in tech space.

In the last 10 years, we have witnessed the evolutionary transformation of Charleston witnessing the increase and expansion of medical services, the rise of Boeing, BMW and Volvo, expansion of BenefitFocus, PeopleMatter bringing corporate life to downtown Charleston, monetized apps being released and small technology firms coming into their own.

Charleston remains a historic Southern coastal area with a rich tradition of hospitality, warmth, dining and leisure, but a new seed is being planted.

Six years ago, I had personal challenges scheduling meetings because most friends and network connections wanted to meet during the day. For some time, I felt like I was the only one in Charleston with traditional work hours. That thinking is changing. We are seeing great thinkers home grown who are taking risks and converting business plans into reality right here at home.

The latest 2016 US News and Worlds Report ranks The Citadel #1 and College of Charleston #4 in Public Schools South Region. With these two strong programs and our surrounding schools focus on technology skills, coding camps and meetups, Charleston is starting to make a national name for itself and very comfortable to be competing with Silicon Valley step for step.

We may not have the deep seed money to compete with the Yelps and Instagrams of the world, but we are making waves in the tech sector and I see us being a player for a long time.


Something is Happening Here in Charleston, South Carolina – Technology Renaissance

Yesterday, in front of nearly 15,000 fans, the Citadel Bulldogs Football program went 9-0 and clinched the Southern Conference in remarkable fashion. Coming back from ten with less than 5 minutes remaining and winning in overtime, this was a game mapped out by the best sports screenwriters combining the drama of “Hoosiers” and “Miracle”

In the fog of this foodie paradise, where coastal living is a defined by dining, drinking and recreation, something big is happening in Charleston.

In the 2015 School System Quality Ranking, South Carolina ranked 47 th in the US. In 2013, 67% of state high schoolers graduated and only 43.2% of students with disabilities completed their degree. In the category of highest levels of obesity, South Carolina ranks 41 st , graduation rates, 36 th , cancer deaths, 38 th , diabetes, 43 rd , violent crime, 4 th and smoking 43 rd according to 2015 rankings.

  • Fatal Crashes for 2015: 782 / Fatal Crashes for 2016: 766
  • Persons Killed from Crashes in 2015: 839 / Persons Killed from Crashes in 2016: 833

We still have 2 months remaining in the year and we are on pace to shatter the 2015 records.

South Carolina has its challenges, but something big is happening in Charleston.

Last month 30 aspiring start-ups participated in the 2016 Charleston Angels Conference meeting with investors to vy for a prize of $100,000. These is a pioneer program for Charleston highlighting some of the best young tech companies in the Southeast. With the partnership of local investors and a wealth of potential seat money, this even can launch a promising future for some young startups.

In 2015, Charleston Magazine published “The Rise in Silicon Harbor” while in 2015 Huffington Post released, “Charleston, South Carolina Outpaces the Nation in Tech Growth”. Both outlined a renaissance in technology and professional expertise taking shape in the Low country. This unprecedented birth of human capital solutions has paved the way for a new look and feel for Charleston.

DigSouth is on a mission and their goal is very clear, bring technology to the Southeast. This is an area that traditionally has not been a technology focal point. It isn’t Silicon Valley (Palo Alto/San Francisco), New York, Chicago, Minneapolis or Austin. The stigma in the South traditionally has been low education standards, limited professional and tech career opportunities and sub-standard quality of life. Now there are companies, organizations and visionaries that are seeing that this reputation is changing and swiftly.

CharlestonWorks is a website that highlights the technology jobs in the Charleston area. Its goal is to bring talent locally and across the country to the Southeast to harness and growth our tech infrastructure. Take a look and see the diverse range of opportunities available right in your backyard. Currently, there are 341 companies with current technology job openings. This is truly a feat and a testimony to the growth in tech space.

In the last 10 years, we have witnessed the evolutionary transformation of Charleston witnessing the increase and expansion of medical services, the rise of Boeing, BMW and Volvo, expansion of BenefitFocus, PeopleMatter bringing corporate life to downtown Charleston, monetized apps being released and small technology firms coming into their own.

Charleston remains a historic Southern coastal area with a rich tradition of hospitality, warmth, dining and leisure, but a new seed is being planted.

Six years ago, I had personal challenges scheduling meetings because most friends and network connections wanted to meet during the day. For some time, I felt like I was the only one in Charleston with traditional work hours. That thinking is changing. We are seeing great thinkers home grown who are taking risks and converting business plans into reality right here at home.

The latest 2016 US News and Worlds Report ranks The Citadel #1 and College of Charleston #4 in Public Schools South Region. With these two strong programs and our surrounding schools focus on technology skills, coding camps and meetups, Charleston is starting to make a national name for itself and very comfortable to be competing with Silicon Valley step for step.

We may not have the deep seed money to compete with the Yelps and Instagrams of the world, but we are making waves in the tech sector and I see us being a player for a long time.


Something is Happening Here in Charleston, South Carolina – Technology Renaissance

Yesterday, in front of nearly 15,000 fans, the Citadel Bulldogs Football program went 9-0 and clinched the Southern Conference in remarkable fashion. Coming back from ten with less than 5 minutes remaining and winning in overtime, this was a game mapped out by the best sports screenwriters combining the drama of “Hoosiers” and “Miracle”

In the fog of this foodie paradise, where coastal living is a defined by dining, drinking and recreation, something big is happening in Charleston.

In the 2015 School System Quality Ranking, South Carolina ranked 47 th in the US. In 2013, 67% of state high schoolers graduated and only 43.2% of students with disabilities completed their degree. In the category of highest levels of obesity, South Carolina ranks 41 st , graduation rates, 36 th , cancer deaths, 38 th , diabetes, 43 rd , violent crime, 4 th and smoking 43 rd according to 2015 rankings.

  • Fatal Crashes for 2015: 782 / Fatal Crashes for 2016: 766
  • Persons Killed from Crashes in 2015: 839 / Persons Killed from Crashes in 2016: 833

We still have 2 months remaining in the year and we are on pace to shatter the 2015 records.

South Carolina has its challenges, but something big is happening in Charleston.

Last month 30 aspiring start-ups participated in the 2016 Charleston Angels Conference meeting with investors to vy for a prize of $100,000. These is a pioneer program for Charleston highlighting some of the best young tech companies in the Southeast. With the partnership of local investors and a wealth of potential seat money, this even can launch a promising future for some young startups.

In 2015, Charleston Magazine published “The Rise in Silicon Harbor” while in 2015 Huffington Post released, “Charleston, South Carolina Outpaces the Nation in Tech Growth”. Both outlined a renaissance in technology and professional expertise taking shape in the Low country. This unprecedented birth of human capital solutions has paved the way for a new look and feel for Charleston.

DigSouth is on a mission and their goal is very clear, bring technology to the Southeast. This is an area that traditionally has not been a technology focal point. It isn’t Silicon Valley (Palo Alto/San Francisco), New York, Chicago, Minneapolis or Austin. The stigma in the South traditionally has been low education standards, limited professional and tech career opportunities and sub-standard quality of life. Now there are companies, organizations and visionaries that are seeing that this reputation is changing and swiftly.

CharlestonWorks is a website that highlights the technology jobs in the Charleston area. Its goal is to bring talent locally and across the country to the Southeast to harness and growth our tech infrastructure. Take a look and see the diverse range of opportunities available right in your backyard. Currently, there are 341 companies with current technology job openings. This is truly a feat and a testimony to the growth in tech space.

In the last 10 years, we have witnessed the evolutionary transformation of Charleston witnessing the increase and expansion of medical services, the rise of Boeing, BMW and Volvo, expansion of BenefitFocus, PeopleMatter bringing corporate life to downtown Charleston, monetized apps being released and small technology firms coming into their own.

Charleston remains a historic Southern coastal area with a rich tradition of hospitality, warmth, dining and leisure, but a new seed is being planted.

Six years ago, I had personal challenges scheduling meetings because most friends and network connections wanted to meet during the day. For some time, I felt like I was the only one in Charleston with traditional work hours. That thinking is changing. We are seeing great thinkers home grown who are taking risks and converting business plans into reality right here at home.

The latest 2016 US News and Worlds Report ranks The Citadel #1 and College of Charleston #4 in Public Schools South Region. With these two strong programs and our surrounding schools focus on technology skills, coding camps and meetups, Charleston is starting to make a national name for itself and very comfortable to be competing with Silicon Valley step for step.

We may not have the deep seed money to compete with the Yelps and Instagrams of the world, but we are making waves in the tech sector and I see us being a player for a long time.


Something is Happening Here in Charleston, South Carolina – Technology Renaissance

Yesterday, in front of nearly 15,000 fans, the Citadel Bulldogs Football program went 9-0 and clinched the Southern Conference in remarkable fashion. Coming back from ten with less than 5 minutes remaining and winning in overtime, this was a game mapped out by the best sports screenwriters combining the drama of “Hoosiers” and “Miracle”

In the fog of this foodie paradise, where coastal living is a defined by dining, drinking and recreation, something big is happening in Charleston.

In the 2015 School System Quality Ranking, South Carolina ranked 47 th in the US. In 2013, 67% of state high schoolers graduated and only 43.2% of students with disabilities completed their degree. In the category of highest levels of obesity, South Carolina ranks 41 st , graduation rates, 36 th , cancer deaths, 38 th , diabetes, 43 rd , violent crime, 4 th and smoking 43 rd according to 2015 rankings.

  • Fatal Crashes for 2015: 782 / Fatal Crashes for 2016: 766
  • Persons Killed from Crashes in 2015: 839 / Persons Killed from Crashes in 2016: 833

We still have 2 months remaining in the year and we are on pace to shatter the 2015 records.

South Carolina has its challenges, but something big is happening in Charleston.

Last month 30 aspiring start-ups participated in the 2016 Charleston Angels Conference meeting with investors to vy for a prize of $100,000. These is a pioneer program for Charleston highlighting some of the best young tech companies in the Southeast. With the partnership of local investors and a wealth of potential seat money, this even can launch a promising future for some young startups.

In 2015, Charleston Magazine published “The Rise in Silicon Harbor” while in 2015 Huffington Post released, “Charleston, South Carolina Outpaces the Nation in Tech Growth”. Both outlined a renaissance in technology and professional expertise taking shape in the Low country. This unprecedented birth of human capital solutions has paved the way for a new look and feel for Charleston.

DigSouth is on a mission and their goal is very clear, bring technology to the Southeast. This is an area that traditionally has not been a technology focal point. It isn’t Silicon Valley (Palo Alto/San Francisco), New York, Chicago, Minneapolis or Austin. The stigma in the South traditionally has been low education standards, limited professional and tech career opportunities and sub-standard quality of life. Now there are companies, organizations and visionaries that are seeing that this reputation is changing and swiftly.

CharlestonWorks is a website that highlights the technology jobs in the Charleston area. Its goal is to bring talent locally and across the country to the Southeast to harness and growth our tech infrastructure. Take a look and see the diverse range of opportunities available right in your backyard. Currently, there are 341 companies with current technology job openings. This is truly a feat and a testimony to the growth in tech space.

In the last 10 years, we have witnessed the evolutionary transformation of Charleston witnessing the increase and expansion of medical services, the rise of Boeing, BMW and Volvo, expansion of BenefitFocus, PeopleMatter bringing corporate life to downtown Charleston, monetized apps being released and small technology firms coming into their own.

Charleston remains a historic Southern coastal area with a rich tradition of hospitality, warmth, dining and leisure, but a new seed is being planted.

Six years ago, I had personal challenges scheduling meetings because most friends and network connections wanted to meet during the day. For some time, I felt like I was the only one in Charleston with traditional work hours. That thinking is changing. We are seeing great thinkers home grown who are taking risks and converting business plans into reality right here at home.

The latest 2016 US News and Worlds Report ranks The Citadel #1 and College of Charleston #4 in Public Schools South Region. With these two strong programs and our surrounding schools focus on technology skills, coding camps and meetups, Charleston is starting to make a national name for itself and very comfortable to be competing with Silicon Valley step for step.

We may not have the deep seed money to compete with the Yelps and Instagrams of the world, but we are making waves in the tech sector and I see us being a player for a long time.


Assista o vídeo: We Ate Everywhere In Charleston South Carolina (Dezembro 2021).